Buscar
  • Liga Jobs

Propósito pessoal e autoconhecimento para a realização pessoal

Você tem uma visão clara do seu propósito pessoal, dos pontos que necessita evoluir, das oportunidades que poderá explorar e das chances que poderá perder, se não fizer nada?

Por Lucedile Antunes para Blog da Liga


Vou compartilhar de forma muito especial com vocês, reflexões para você e sua carreira. O primeiro convite, consiste em refletir sobre o seu propósito pessoal, ou seja, qual a sua missão pessoal. Recomendo que escolha um ambiente tranquilo. Para te ajudar, vou colocar algumas questões abaixo que podem ser úteis nesta reflexão:

  • Qual você acredita ser o seu propósito?

  • Que tipo de trabalho ou atividade te inspira?

  • O que especificamente o atrai profissionalmente?

  • O que o estimula, quando está realizando as suas atividades?

  • O que te faz sorrir e brilhar os olhos?

  • O que te realiza?

  • Pelo que você deseja ser lembrado?

  • Quais são as suas conquistas mais valiosas?

  • O que as pessoas dizem sobre você?

  • Se pudesse mudar algo, o que seria?

  • Se pudesse ensinar algo, o que seria?

Quando falamos de propósito, a vida é muito mais do que ir trabalhar todos os dias para ganhar dinheiro. É um caminho que pode ajudar você a fazer a diferença na vida das pessoas.


Agora você já consegue definir claramente seu propósito pessoal?


Sugiro que escreva em uma folha de papel e deixe visível para que sempre possa revisitar.


O segundo convite muito importante é a autoconsciência. Consiste em uma auto avaliação, para um conhecimento mais profundo de si, como um momento de introspecção para um olhar interno.


Somos criados para conhecer o mundo de fora e não o mundo interior.


Esta auto avaliação pode ser feita, por exemplo, utilizando a ferramenta do SWOT, que consiste em identificar suas “Forças”, “Fraquezas”, “Oportunidades” e “Ameaças”. Eu gosto muito desta ferramenta pois é prática.

Nesta reflexão liste os seus pontos fortes como profissional, tais como por exemplo, sou engajado, visto a camisa da empresa, sou tecnicamente preparado, amo o que faço, etc.


Depois pense nos seus pontos fracos, ou seja, suas fraquezas, tais como por exemplo: tenho dificuldades de lidar com os desafios, não sei dizer não quando é necessário, tenho pouca paciência com algumas pessoas, não consigo defender minhas ideias, não sei conduzir a atividade “x”, etc.


Nesta primeira parte você fez uma reflexão sobre você, reconhecendo seus diferenciais que são seus pontos fortes, e suas fraquezas, que precisam ser reconhecidas e trabalhadas.


Agora que você ampliou sua consciência sobre si, olhe para uma perspectiva maior, ou seja, quais são as oportunidades que você poderia explorar para o seu crescimento e evolução em busca do seu propósito pessoal. Por exemplo: atuar numa nova área na empresa, buscar uma nova qualificação, pesquisar sobre as novas tendências profissionais e se atualizar, etc., ou seja, oportunidades que abririam novas portas e te preencheriam, se sentindo um profissional feliz e realizado.


E por último, pense nas ameaças, ou seja, se decidir ficar parado ou estagnado, quais as ameaças futuras. Por exemplo: perder uma oportunidade interna na empresa de promoção, ou não poder concorrer a uma vaga dos sonhos, por não ter o inglês fluente como segunda língua, etc.


Quando temos mais consciência, temos mais engajamento com a nossa missão pessoal.


Muito bem, feito isso você terá uma visão clara dos seus diferenciais, e que deve preservar, dos pontos que necessita evoluir, das oportunidades que poderá explorar e das chances que poderá perder, se não fizer nada. A tomada de consciência é o primeiro passo para as mudanças!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comece seu recrutamento

Contrate os melhores talentos do mercado

com mais rapidez e precisão

Aproveite o melhor sistema de contração online para construção.
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram